Rui Gaudêncio

José Pedro da Costa Salema vai ser o novo presidente da empresa do Alqueva

O engenheiro agrónomo José Pedro da Costa Salema vai ser o novo presidente da empresa gestora do Alqueva, sucedendo a João Basto, que pediu a demissão por razões pessoais, revelou nesta sexta-feira à Lusa fonte do Ministério da Agricultura.


José Pedro da Costa Salema, de 40 anos, é licenciado em Engenharia Agronómica, pelo Instituto Superior de Agronomia, e mestre em Gestão de Empresas, pela Universidade Católica.

João Basto pediu a demissão do cargo de presidente do conselho de administração da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) "por razões pessoais", explicou a mesma fonte, referindo que a saída "já vinha sendo preparada ao longo dos últimos tempos e de forma muito estruturada e planificada".

"Pedi a demissão e coloquei o meu lugar à disposição por razões pessoais", disse à Lusa João Basto, que preside à EDIA desde Fevereiro de 2012.

Segundo João Basto, "durante este mês será feita a transição" para o novo conselho de administração da empresa.

"O Ministério da Agricultura e, em particular, a ministra Assunção Cristas, agradecem a forma empenhada como João Basto desempenhou as funções de presidente da EDIA e saúda-o pelos excelentes resultados alcançados enquanto esteve à frente da empresa", disse a fonte.

A fonte frisou que "todos os objectivos e propostas que tinham sido lançados quando João Basto tomou posse foram concretizados".

Segundo a fonte do Ministério da Agricultura, José Pedro da Costa Salema "tem uma vasta experiência na área de consultoria e gestão de projectos agrícolas" e, mais recentemente, era gestor de uma empresa de consultoria em meio rural.