Descrição

O treino da selecção em Óbidos contou com muita assistência

Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters
Óbidos

Protesto abriu a porta do treino mesmo a quem não tinha bilhete

Um movimento espontâneo de adeptos “indignados” formou-se nesta segunda feira à porta do Estádio Municipal de Óbidos, local do primeiro treino aberto da selecção portuguesa, no qual só podia entrar quem tinha bilhete.


Cerca de meia hora depois de o treino começar, o primeiro de quatro abertos ao público, o protesto acabou por resultar, e as portas foram abertas, mesmo a quem não tinha um dos 1840 ingressos, que devia ser previamente levantado no Posto de Turismo de Óbidos .

Enquanto 21 dos 23 convocados de Paulo Bento realizavam exercícios de aquecimento no relvado, mais de 200 pessoas indignavam-se à porta pela falta de informação sobre a necessidade de ter bilhete para assistir ao treino.

Daniel Vitória era um dos indignados e foi perentório em afirmar que não voltaria para tentar ver mais nenhum treino.

“Acho que é uma vergonha. Disseram nos jornais que era um treino aberto ao público e é o que se vê”, afirmou, acrescentando: “Aqui ninguém foi informado sobre os bilhetes”.

Sentados num canteiro de flores, Arlinda e Joaquim, de Peniche, lamentavam a falta de bilhete, depois de uma deslocação de Peniche, e comparavam a situação com o sucedido há oito anos, durante a preparação para o Euro 2004.

“Há oito anos estivemos cá e não era preciso bilhete, entrava toda a gente”, garantiu Arlinda.

Enquanto à porta oficial muitos se indignavam, outros optaram por ocupar o lado oposto à bancada, junto ao complexo de escolas de Óbidos, onde o bilhete era completamente dispensável.

Os protestos acabaram por resultar e a porta abriu-se também a quem não tinha bilhete, permitindo que Diogo, Arlinda, Joaquim e Daniel Vitória e muitos outros assistissem ao treino aberto, que se repete na quinta-feira.

Contas feitas, entre bilhetes distribuídos, “intrusos” e “indignados” o primeiro treino com a selecção completa foi presenciado por cerca de 3.000 adeptos.