Descrição

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, recebeu a bandeira olímpica na cerimónia de encerramento de Londres 2012

Foto: Jeff J. Mitchell/Reuters
Rio de Janeiro 2016

Jogos vão acelerar o desenvolvimento do Brasil

Os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro vão permitir ao Brasil "investir massivamente" no seu desenvolvimento, defendeu nesta segunda-feira o vice-ministro brasileiro dos Desportos, Luís Fernandes.


“Somos um país em desenvolvimento, para quem o Mundial [2014] e os Jogos Olímpicos constituem uma oportunidade de estimular o desenvolvimento económico, através do investimento em infra-estruturas que provavelmente seriam feitas de qualquer maneira, mas dispersas por 10, 15 ou 20 anos”, disse Luís Fernandes, em conferência de imprensa.

“O retorno do investimento para o país será enorme. São infra-estruturas que vão estimular o desenvolvimento de mais do que uma geração”, argumentou o vice-ministro, esperando que o Mundial e os Jogos Olímpicos tenham um grande impacto na prática desportiva, na saúde pública e no desporto escolar.

Só o Mundial de futebol de 2014 obrigará a um investimento de 14 milhões de euros, sendo que uma parte será aproveitada para os Jogos Olímpicos.

O orçamento dos Jogos, no entanto, não é conhecido.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, recebeu solenemente a bandeira olímpica e garantiu que a cidade está “preparada para o desafio”, apesar dos problemas de segurança e de transportes.

Em mais de 100 anos de história do olimpismo moderno, o Rio de Janeiro será a primeira cidade sul-americana a receber o maior evento multidesportivo do mundo.